A Secretaria de Defesa Social, responsável pela Defesa Civil e pela Guarda Municipal (GM), viu crescer sua importância na segurança pública de Londrina, nos últimos quatro anos. Consequ- ência de seu melhor aparelhamento, aumento de efetivo e cobertura. No início da gestão 2013-2016, a GM contava com 182 guardas municipais e encerrou com 366 GMs, um aumento de 101% no efetivo. Também aumentarem os postos fixos próprios do município, que passaram de 14 no início da gestão para 49 postos fixos (+292,85%).

Os resultados podem ser conferidos a partir do número de atendimentos a ocorrências, que cresceu consideravelmente, saltando de 576 ocorrências para 3.449, em 2015 (+498,78%). O videomonitoramento foi uma das atividades que se destacaram na segurança da cidade já que possibilitou à GM intervir antecipadamente em várias ocorrências, fazendo varredura do perímetro e identificando possíveis bandidos. Em 2013, Londrina recebeu, através do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania de Londrina e Região – CISMEL, 58 câmeras móveis e cerca de 150 fixas que são monitoradas constantemente pelo Grupo de Comunicação e Monitoramento (GCOM) da GM e que atende aos chamados da comunidade e demais guardas municipais 24 horas por dia, sete dias por semana. Em 2015, o número chegou aos 1.843 flagrantes ocorridos pelo videomonitoramento, um crescimento de 551,23%.

Armamento

Desde o final de 2015, os membros da Guarda Municipal estão aptos a utilizar armas, depois de passarem por treinamento de capacitação em armamento e tiro, além de conseguirem porte de arma junto à Polícia Federal.  Os portes são para pistola modelo PT 380 e revólver calibre 38. A partir do recebimento, os agentes já passaram a trabalhar com as armas, tendo mais segurança para enfrentar situações mais difíceis e perigosas. 

Telefones 153 e 199

São os dois números que a população usa para acionar a GM (153) e a Defesa Civil (199). Em 2013, foram 3.503 telefonemas atendidos, contra 25.539, em 2015, um crescimento de 629% no período.

Radiocomunicação

Os guardas municipais passaram a ter aparelhos digitais de rádio para comunicação entre si. A assinatura de compra com a empresa que forneceu os equipamentos foi realizada nos últimos dias da gestão 2013- 2016. Os aparelhos vão ajudar na comunicação dos membros da GM, que até então, para manter contato durante o trabalho, tinham que usar o próprio telefone celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *