Londrina tem o segundo melhor serviço de saneamento básico e o melhor do Paraná, segundo o ranking do Instituto Trata Brasil, divulgado em março de 2016. O Município venceu cidades muito mais ricas e desenvolvidas no País. O levantamento levou em conta 12 indicadores, publicados no Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (SNIS) pelo Ministério das Cidades, que resultaram em uma nota final de 9,19 para Londrina, pouco abaixo da campeã, que chegou a 9,46.

Londrina já havia pulado do 13º. lugar para a quarta posição entre 2014 e 2015. A segunda colocação, em 2016, reflete os investimentos feitos na captação e tratamento de água e de esgoto. Captação de água – Em dezembro de 2014, a Sanepar inaugurou o novo sistema de captação de água da Estação Tibagi, que teve sua capacidade duplicada, passando de 1,2 mil para 2,4 mil litros por segundo. A Estação Tibagi abastece hoje 50% do consumo de Londrina e Cambé.

Na ampliação, a Sanepar investiu R$ 84 milhões e gerou 2,3 mil empregos com a construção de dois novos módulos de tratamento, um canal de entrada de água e dois tanques para produtos químicos. Além disso, houve a implantação de 22 mil metros de uma nova adutora, desde a captação do Rio Tibagi (14 mil metros de água bruta) até a região central da cidade (8,5 mil metros de água tratada). No caminho, foram ampliadas três estações elevatórias. Com essa obra, Londrina e Cambé poderão ter tranquilidade no abastecimento até 2030. Já no tratamento de esgoto, duas estações – a Sul e a Norte – estão sendo ampliadas, com investimentos de R$ 52 milhões para os próximos três anos.

As 10 cidades melhores colocadas

1. Franca SP

2. Londrina PR

3. Uberlândia MG

4. Maringá PR

5. Santos SP

6. Limeira SP

7. São José dos Campos SP

8. Ribeirão Preto SP

9. Jundiaí SP

10. Ponta Grossa PR

Fonte: Instituto Trata Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *