Com a chegada, em 2016, de oito novos e modernos ônibus, o Sistema de Transporte Urbano de Londrina passou a contar, na prática com o projeto SuperBus.

O sistema contempla obras estruturais para garantir que a população seja beneficiada, tendo à disposição serviços de qualidade. As obras incluem a implantação de abrigos modernos nos corredores de ônibus. A primeira etapa terá 26,9 quilômetros de faixas exclusivas e outros 42,6 quilômetros na segunda fase, além de piso asfáltico estruturado, ampliação e a reforma de quatro terminais de integração.

A entrega dos primeiros ônibus do projeto Superbus, dos quais dois ônibus especiais articulados e seis ônibus convencionais, em junho de 2016, marcou uma das etapas do projeto que está em andamento e que deverá gerar impacto e benefícios diretos a mais de 80 mil usuários do serviço urbano de transporte.

O Sistema conta mais de R$ 140 milhões advindos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2), e deverá estar concluído em cinco anos. Deste total, R$ 124.705.100,00 são provenientes do Governo Federal e R$ 19 milhões serão investidos como contrapartida pela Prefeitura. Trata-se do maior investimento federal em transporte coletivo urbano.

O objetivo do Superbus é atrair mais usuários para transporte público, em especial aqueles que hoje utilizam automóveis. Segundo estimativa da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), feita com base nos dados atuais do sistema, 25,5 mil pessoas deverão usar o sistema diariamente – quando estiver completamente instalado -, que representam 32% dos usuários dos ônibus urbanos.

Fase 1 da implantação:

• 87 paradas para embarque e desembarque
• 14,86 km de ciclovias
• 1 viaduto
• 4 terminais de integração ampliados e reformados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *